Exportações brasileiras subiram mais que a média global, diz ministro

As exportações brasileiras cresceram mais de 16% no primeiro quadrimestre de 2018, ante igual período anterior, afirmou nesta sexta-feira o ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, Marcos Jorge de Lima.

Segundo ele, no mesmo período, a média de crescimento das exportações de 70 países, que representam 90% do comércio mundial, foi de 13%.

Entre os exemplos citados pelo ministro, ao falar sobre o tema, estão as exportações no Canadá, que no mesmo período cresceram 13,65%. No México, o crescimento foi de 12,5% e, na Colômbia, de 11,7%.

"Estamos acima [em ritmo de exportações] de importantes países", disse o ministro, durante o seminário "Competitividade com foco na exportação", promovido pelo jornal O Globo, no Rio.

O ministro reiterou que o governo brasileiro trabalha para reverter o embargo do governo chinês às exportações brasileiras de carne de frango, de forma a garantir que a decisão provisória de Pequim não se torne definitiva.

"Nós vamos continuar defendendo nossas exportações, o setor produtivo nacional e, nesse caso, os produtores de carne de frango exportados para a China também e, muito por entendermos que o Brasil não está violando em absoluto qualquer regra de comércio", disse o ministro, após participar do seminário promovido por O Globo.



menu
menu