Atividades da FCCE no mês de setembro

Membros da FCCE recebem homenagem da Academia Brasileira de Medalhística Militar

No dia 30 de agosto, Paulo Fernando Marcondes Ferraz e Eduardo Treinta, respectivamente presidente e secretário-geral da FCCE, foram homenageados pela Academia Brasileira de Medalhística Militar (ABRAMMIL). Eles receberam a medalha da Batalha de Montese, tributo concedido a pessoas e instituições em reconhecimento aos serviços prestados à sociedade brasileira e pelos seus atos meritórios para o engrandecimento do Brasil. A indicação da homenagem ao presidente da FCCE foi feita pelo presidente da ABRAMMIL, Regis Ayrton Lermen. Já a do secretário geral foi feita por Paulo Fernando Marcondes Ferraz, que também é membro acadêmico e emérito da Academia.






FCCE recebeu visita do novo cônsul-geral do México

Entidade parceira de todas as instituições estrangeiras estabelecidas no Brasil, a FCCE recebeu a visita do cônsul-geral do México no Rio de Janeiro, Héctor Valezzi Zafra, que foi recepcionado pelo presidente da Federação, Paulo Fernando Marcondes Ferraz, no último dia 04 de setembro.

O cônsul serviu como embaixador na Bolívia, é membro do Serviço Exterior Mexicano (SEM) desde 1981, exercendo o cargo de embaixador desde 2009. Entre os outros postos que ocupou, destaca-se o de embaixador em países como África do Sul e Etiópia, e junto à União Africana. Também foi chefe da chancelaria em embaixadas na Índia, na Bélgica e junto à União Europeia.




FCCE e CNC promovem evento com Conselho de Desenvolvimento Comercial de Hong Kong

Com o apoio da Confederação Nacional do Comércio (CNC), recebeu o Conselho de Desenvolvimento Comercial de Hong Kong (Hong Kong Trade Development Council – HKTDC). O objetivo do encontro foi oferecer ao mercado do Rio de Janeiro mais informações como fazer negócios com a China e outros países da Ásia através de Hong Kong.



O HKTDC é um órgão estatutário estabelecido em 1966 para a promoção de marketing internacional, dedicado à criação de oportunidades para as empresas de Hong Kong, oferecendo uma gama de serviços para ajudar o comércio global e, ao mesmo tempo, promovendo o território como uma plataforma para a realização de negócios com a China e todo o continente asiático.




FCCE esteve em Brasília, onde tratou de diversos assuntos

dia 17

A diretora de Inovação e Projetos da FCCE, Maristela Borges Tuna, reuniu-se com o coordenador de Relações Estratégicas da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (ApexBrasil), Antonio Caputo.

O objetivo do encontro foi reforçar o papel da Federação de viabilizar, de forma diferenciada, a valorização das entidades e representantes de outros países que exerçam de maneira eficaz a promoção e concretização de negócios internacionais para as empresas brasileiras.

Já no Ministério da Economia, a FCCE participou de reunião com o coordenador do Programa de Cultura Exportadora, Victor Maselli. Usando como exemplo a ação em conjunto com a embaixada brasileira na Eslováquia, a Federação ratificou o compromisso de intensificar sua participação de forma contundente na utilização da metodologia adotada para o programa Rota Global.

dia 18

No Ministério das Relações Exteriores (MRE), o coordenador-geral da Setores de Promoção Comercial, Leonardo Enge, e a chefe de gabinete da Secretaria de Política Externa Comercial e Econômica, Ivanise de Melo Maciel, discorreram sobre o elo que une as ações exercidas pela FCCE e a Secom/MRE.

dia 26

Ainda na capital federal, o presidente da FCCE, Paulo Fernando Marcondes Ferraz, e o presidente da Fecomércio da Bahia, Carlos de Sousa Andrade, foram recebidos pelo vice-presidente, Hamilton Mourão, e pelo chefe de gabinete adjunto da vice-presidência da República, general Álvaro Gonçalvez Wanderley. O encontro tratou dos objetivos da Fecomércio de dinamizar o setor exportador da Bahia e sua integração ao mercado mundial.



No palácio do Planalto, o general Luiz Eduardo Ramos, ministro-chefe da Secretaria de Governo, recebeu o presidente da FCCE para aproximação da entidade em relação às propostas de trabalho do governo, além de intensificar seu apoio dado ao desenvolvimento da cultura através da Sociedade dos Amigos da Biblioteca Nacional (SABIN).

A SABIN tem como objetivo contribuir para o aprimoramento patrimonial, técnico e cultural da Fundação Biblioteca Nacional (FBN), apoiando atividades culturais e científicas, como seminários, debates, cursos, conferências, exposições, lançamentos de livros, entre outros eventos promovidos pela FBN.








menu
menu