Coronavírus: exportações à China crescem e alcançam maior valor desde 2009

Exportações brasileiras para a China cresceram em meio à crise da pandemia do novo coronavírus e alcançaram, em abril, o melhor mês de toda a série histórica, iniciada em 2009.

Nesse último mês, quando o vírus perdeu força na Ásia, foram exportados mais de R$ 40,8 bilhões (cerca de US$ 6,9 bilhões) de produtos aos chineses, os principais parceiros econômicos do Brasil. A alta é de 23,3% em relação a abril do ano passado.

O montante ultrapassou o recorde registrado até então. Em maio de 2018, quando o Michel Temer era o presidente da República, as exportações à China chegaram a R$ 39,7 bilhões (US$ 6,7 bilhões).

O crescimento no valor das exportações, contudo, não está restrito somente no último mês de abril, com a queda nas mortes de Covid-19 e a reabertura do comércio na China.



menu
menu