O mundo consome cada vez mais carne de frango brasileira: exportações crescem 34% em janeiro

O ano começou positivo para os exportadores avícolas. Conforme levantamentos da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), os embarques de carne de frango (considerando todos os produtos, entre in natura e processados) totalizou 363,6 mil toneladas em janeiro, volume que supera em 14,8% o total obtido no mesmo período de 2016, de 316,8 mil toneladas.

Em receita cambial, o resultado foi ainda melhor, com US$ 604,9 milhões, número que supera em 34,1% o desempenho alcançado em janeiro do ano passado, com US$ 451,1 milhões. No saldo em reais, os embarques do período geraram receita de R$ 1,933 bilhão, saldo 5,8% maior que o obtido no primeiro mês de 2016, com R$ 1,827 bilhão.

“Determinados mercados da Ásia, Europa e Oriente Médio intensificaram as importações de produtos avícolas do Brasil. É um movimento incomum para o período, o que pode indicar reflexos do movimento que os vários focos de Influenza Aviária têm causado no comércio internacional, favorecendo as vendas de produtos provenientes de áreas livres da enfermidade, como é o nosso caso”, analisa Francisco Turra, presidente-executivo da ABPA.

Carne suína in natura

As vendas de carne suína continuam em patamares elevados. Conforme os dados levantados pela ABPA, as vendas do produto in natura totalizaram 54,5 mil toneladas, volume 39,3% acima do registrado em janeiro de 2016, de 39,1 mil toneladas.

Em receita cambial, as elevações chegaram a 76,2%, com US$ 124,6 milhões – contra US$ 70,7 milhões obtidos no primeiro mês do ano passado. Em reais, com R$ 398,5 milhões, o crescimento comparativo atingiu 39% – frente a R$ 286,6 milhões de janeiro passado.

“O crescimento mais expressivo aconteceu nas vendas para a Rússia, acompanhado pelo movimento positivo de compras de Hong Kong, China, Argentina, Singapura e Chile. O resultado do mês seguiu patamares semelhantes à média do ano passado, o que indica um ano positivo para a suinocultura”, ressalta Ricardo Santin, vice-presidente de mercados da ABPA.



menu
menu