Soja: exportações em alta limitam as quedas nos preços internos

O bom desempenho das exportações brasileiras de soja tem contribuído para limitar as quedas nos preços internos da oleaginosa. No primeiro trimestre, saíram dos portos nacionais 13,4 milhões de toneladas do grão, aumento de 24% em relação ao mesmo período de 2016 e o maior volume para o intervalo, conforme dados da Secex.

Segundo pesquisadores do Cepea, no mercado doméstico, a pressão continua vindo dos recordes de produção e excedente, além dos prêmios de exportação e da taxa de câmbio, que cederam nas últimas semanas em intensidade maior que os valores externos.

Cotações da soja

Na sexta-feira (07/04), o Indicador Paranaguá ESALQ/BM&FBovespa, referente ao grão depositado no corredor de exportação e negociado na modalidade spot (pronta entrega), fechou a R$ 64,43 por saca de 60 quilos, baixa de 3,46% em relação à sexta anterior. Na média ponderada dos valores no Paraná, refletida no Indicador CEPEA/ESALQ, a baixa foi de 2,85% no mesmo período, a R$ 59,98 por saca de 60 quilos na sexta. Fonte: Cepea.



menu
menu